Comentários que merecem ser post.

Como todos sabem, foi decretada tolerância de ponto para todos os que exercem funções no Estado na próxima Sexta-feira. Desde o anúncio, tem sido um tal mandar palpites nestas redes sociais.
A morte do artista foi quando o Sr. Vasco Cordeiro - o que manda nestas ilhas - decidiu ir atrás do Governo da República. Agora onde é que já se viu os açorianos terem os mesmos direitos que continentais? Era só o que mais faltava! A malta revoltou-se e os comentários (de fazer qualquer um revirar os olhos) não se fizeram esperar.

"Até parece que vão todos ver o Papa. Ridículo".
Ridículo é este comentário. Não, não vão todos ver o Papa porque, para isso, é preciso uma grande quantia de dinheiro: Passagens aéreas, deslocação para Fátima, alimentação e estadia. Acham que isto é para o bolso de qualquer um? Não se esqueçam que os Açores são das regiões mais pobres da Europa.

"Função Pública no seu melhor. Por isso o país está como está".
Claro que este comentário faz todo o sentido, até porque todos os portugueses viram a vida a andar para trás quando foram obrigados a tapar os buracos do BPN, BPP, BANIF e agora o BES, porque os bandidos dos funcionários públicos têm muitas tolerâncias! Isto tem alguma lógica?

"Este país tem portugueses de primeira e de segunda".
Ah, como eu compreendo esta pessoa. Quando a malta do privado recebe os bónus e outras tantas regalias, também me sinto uma portuguesa de segunda...


"Os Funcionários Públicos passam mais tempo em casa do que a trabalhar".
Bem sei que a opinião alheia é para ser respeitada, mas não querem ir para o caralhinho com esta conversa?
Todos os dias faço horas extra por causa do volume de trabalho, não acumulo nem um minuto para gozar depois porque, imagine-se, tenho redução de horário por ter uma filha com idade inferior a um ano! Essa mesma filha foi para a ama porque, apesar de ter uma bronquiolite, eu não podia abandonar o trabalho. Não quero voltar a ler esta parvoíce, ok?

Há maus funcionários públicos? Com certeza. Há pessoas competentes que fazem o melhor que podem com os poucos recursos de que dispõem? Claro! Porra, não generalizem!
E posso garantir-vos que, em matéria de direitos, o Estado é dos piores empregadores!




Comentários

  1. Compreendo - te. Já fui funcionária do estado e não é só regalias, e Açores! Preços inflacionados e a pobreza que referes.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tem coisas boas e coisas más, como qualquer outro empregador. O que me irrita é a ideia, que está tão enraizada na cabeça das pessoas, de que o funcionário público é aquele sujeito burro, incompetente e malandro que só tem regalias.
      Bjs*

      Eliminar

Enviar um comentário

Facebook

Mensagens populares deste blogue